• Redação

Após anular condenações de Lula, STF mantém ‘suspeição’ do ex-juiz Sérgio Moro por 7 a 2



A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (22), que a 2ª Turma da Corte tem competência para considerar o ex-juiz Sergio Moro suspeito para julgar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do tríplex do Guarujá.

Com isso, fica mantida a decisão que declarou o ex-magistrado como ‘suspeito’. O STF já havia determinado a anulação das condenações contra o ex-presidente Lula e remeteu os processos do petista para o Distrito Federal.

Votaram pela competência do colegiado, e consequentemente pela manutenção da suspeição de Moro, os ministros Gilmar Mendes, Nunes Marques, Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli e Rosa Weber.

O relator Edson Fachin e o ministro Luís Roberto Barroso votaram pela incompetência da Turma.

5 visualizações0 comentário