• Redação

Após cinco anos Vasco volta a vencer o Flamengo



Ge.com O Vasco venceu o clássico contra o Flamengo nesta quinta-feira, no Maracanã, válido pela nona rodada da Taça Guanabara. A equipe vascaína se defendeu muito bem e matou o jogo nos contra-ataques. O time rubro-negro tomou a iniciativa, teve mais posse de bola e finalizou mais, mas abusou dos cruzamentos e errou muito na partida. Os gols do Vasco foram marcados por Léo Matos, Cano e Morato. Vitinho descontou para o Fla nos acréscimos do segundo tempo.

Como fica? Com a vitória, o Vasco sobe para a quinta posição, com 13 pontos conquistados até aqui na tabela de classificação da Taça Guanabara. O Flamengo fica na segunda colocação, com 19 pontos, um atrás do líder Volta Redonda. O time vascaíno volta a campo no próximo domingo, contra o Boavista em Bacaxá. No sábado, o Fla enfrenta a Portuguesa.

Fim do jejum vascaíno Com a vitória desta quinta-feira, no Maracanã, o Vasco encerrou um jejum de 17 jogos sem ganhar do Flamengo. Até então, a última vitória havia sido por 2 a 0, em 24 de abril de 2016, com gols de Riascos e Andrezinho, pelo Carioca. Daquele dia até esta quinta, o Flamengo havia vencido oito confrontos com o rival, além de nove empates. Desta forma, a maior série de invencibilidade no Clássico Dos Milhões continua sendo do Expresso da Vitória. Entre 1945 e 1951, o lendário time vascaíno passou 20 jogos sem perder do rival. Clique aqui e veja mais.

Primeira vez do artilheiro contra o Fla Desde o início de 2020 no Vasco e sendo o principal goleador da equipe desde então, Germán Cano marcou pela primeira vez contra o Flamengo. Aos 27 minutos do primeiro tempo o jogador aproveitou passe de Morato para finalizar com categoria. Na comemoração do argentino, uma tacada de golfe.

Primeiro gol à la Edmundo Morato marcou nesta quinta-feira o seu primeiro gol com a camisa do Vasco. O jogador que chegou recentemente emprestado pelo Bragantino, fez o terceiro gol do time vascaíno após receber bom passe de Galarza e driblar bonito a marcação de Filipe Luis. Na comemoração, fez o mesmo gesto de Edmundo, em 1997, num Vasco x Flamengo; Clique aqui e veja mais.

Clássico pegado! As equipes demonstraram muita vontade e em alguns momentos aconteceram entradas duras, que geraram cartões e bate-boca no gramado. Após uma sequê

4 visualizações0 comentário