• Redação

Avião com doentes de Covid de Manaus para João Pessoa, sofre pane e voo é adiado



O voo com pacientes de Manaus (AM) em tratamento da Covid-19 foi adiado. A aeronave que decolaria rumo à Paraíba teve uma pane, o que provocou a alteração. A previsão inicial era de que o voo decolaria às 22h, com previsão de chegada às 2h no Aeroporto Castro Pinto. A informação havia sido confirmada pelo Secretário de Estado da Saúde (SES), Geraldo Medeiros.

Quinze pessoas serão trazidas de Manaus e ficarão internadas no Hospital Universitário Lauro Wanderley. O objetivo é amenizar a crise vivenciada na região, com a falta de oxigênio. O transporte dos pacientes deverá ser conduzido pela Força Aérea Brasileira (FAB). Duas aeronaves C-99 do Esquadrão Condor cumprem as missões. Além dos pacientes, 6 profissionais da saúde deverão ser transportados para a Paraíba.

Por meio de nota, o HU informou que “está de braços abertos para receber os irmãos de Manaus-AM. Filial da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal vinculada ao Ministério da Educação, o HULW colocou 15 leitos à disposição de pacientes do Estado do Amazonas com covid-19”, disse.

Ainda na nota, o hospital diz que “a enfermaria que irá recebê-los está equipada com leitos elétricos, bombas de infusão, ventiladores mecânicos e material para ventilação não-invasiva. Ao todo, cerca de 60 profissionais da área assistencial do Lauro Wanderlei estão envolvidos nessa ação humanitária”, acrescenta.

A logística de transporte está sob a coordenação do Ministério da Saúde. Em todo o País, a Ebserh mobilizou quase 150 leitos de nove hospitais universitários federais. Os voos partem de Manaus (AM) com destino a São Luís (MA), Teresina (PI), Natal (RN), João Pessoa (PB), Brasília (DF) e Goiânia (GO), transportando pacientes e profissionais de saúde.

14 visualizações0 comentário