• Redação

Bolsonaro presta homenagem a Pinto do Acordeon em cerimonia no planalto

A família do Cantor estava presente e o filho Mô Lima executou na sanfona o Hino Nacional

O presidente Jair Bolsonaro homenageou nesta terça-feira (1º) o músico paraibano Pinto do Acordeon, em cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília. O cantor e compositor faleceu no último mês de julho, vítima de câncer, aos 72 anos.

Bolsonaro se emocionou durante a cerimônia. Com a voz embargada, ele falou sobre a sua campanha e facada que levou antes do pleito eleitoral.

“Jamais esperava isso aqui, jamais esperava ser capitão do exército. (…) Jamais esperava ser vereador do Rio de Janeiro. De repente estou na situação máxima do poder executivo. Tenho plena consciência da responsabilidade e daquilo que eu tenho que sacrificar porque eu quero, assim como o Pinto do Acordeon, ser lembrado deixando na história onde se possa dizer: valeu a pena.”, disse.

Além do presidente, participaram da homenagem a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o secretário especial da Cultura, Mário Frias,  parlamentares paraibanos e a família de Pinto do Acordeon.

0 visualização0 comentário