• Redação

BOTAFOGO: Após muita pressão, Sérgio Meira aceita acordo e opositores voltam ao clube...

A presença de Breno Morais no Botafogoi é contestada por atuais dirigentes, que não aceitam sua permanência no clube.

Foram várias tentativas, diversas reuniões, almoços, encontros remotos e outros presenciais. Idas e vindas de minutas de contrato. Acordos verbais, desistências, brigas internas na diretoria. Mas, enfim, nesta terça-feira, num restaurante da cidade, a oposição do Botafogo-PB, capitaneada pelo provável candidato à presidência do clube, Alexandre Cavalcanti, e o presidente atual, Sérgio Meira, entraram um acordo de conciliação, agora com a devida assinatura de contrato.

agora o departamento de futebol vai ser tocado pelo grupo de oposição. Alexandre Cavalcanti vai assumir a vice-presidência de futebol, que estava com Nelson Lira. O ex-presidente do clube Guilherme Novinho e o conselheiro Paulo Monte, que fazem parte da oposição, vão ser auxiliares no departamento financeiro.

Pedro Ruffo, atual vice financeiro, não aceitou o acordo, e a tendência é que ele peça renúncia. Renato Beltrão, outro braço direito de Sérgio Meira até aqui, é outro que deve pedir para sair. Ambos têm ressalvas à presença de Breno Morais avalizando o acordo.

O ex-vice de futebol, aliás, que participou dessa reunião definitiva, nesta terça-feira. Breno não deve assumir nenhum cargo estatutário, visto que está banido pelo futebol pelo STJD, e é condenado por tentativa de manipular resultados no futebol paraibano. Na esfera criminal, onde ainda é réu, ele ainda não foi julgado..

Para Pedro Ruffo, atual vice financeiro, não aceitar, a tendência é que ele peça renúncia. Renato Beltrão, outro braço direito de Sérgio Meira até aqui, é outro que deve pedir para sair. Ambos têm ressalvas à presença de Breno Morais avalizando o acordo. O ex-vice de futebol, aliás, que participou dessa reunião definitiva, nesta terça-feira. Breno não deve assumir nenhum cargo estatutário, visto que está banido pelo futebol pelo STJD, condenado por tentativa de manipular resultados no futebol paraibano. Na esfera criminal, onde ainda é réu, o diretor não foi julgado.



Fonte: GE


Confira a entrevista de Sergio Meira ao falaseriopb.com


https://www.falaseriopb.com/post/em-entrevista-exclusiva-ao-falaseriopb-com-o-presidente-do-botafogo-s%C3%A9rgio-meira-abre-o-jogo


19 visualizações0 comentário