• Redação

Brasil empata com Equador em jogo fraco

Em partida marcada por intervenções do VAR, o Brasil empatou em 1 a 1 com o Equador, que se aproximou da Copa do Mundo


á classificado para a Copa do Mundo, o Brasil foi até o estádio Casablanca, em Quito, para enfrentar o Equador pela 14ª rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo. Casemiro abriu o placar, mas Torres colocou 1 a 1 no placar final. A noite ainda foi marcada por ações do VAR e expulsões.



O jogo começou agitado logo de cara. Aos cinco minutos, Coutinho salvou bola que sobrou na linha de fundo, cruzou na pequena área e Matheus Cunha cabeceou. Após desvio na defesa, Casemiro empurrou para o fundo do gol.

A partir daí, o primeiro tempo foi marcado por polêmicas. Aos 15 minutos, Alexander Domínguez saiu mal do gol e acertou o pé no pescoço de Matheus Cunha. Após revisão no VAR, Roldán expulsou o arqueiro.


A revisão foi demorada, mas no lance seguinte, Emerson Royal, que tinha sido punido com amarelo, acertou chute no adversário e foi punido com novo cartão, sendo expulso.

Pouco depois, nova expulsão. Alisson saiu do gol para tirar bola e, depois do chute, acertou um adversário, sendo punido com cartão. Após revisão no VAR, porém, Roldán voltou atrás na decisão.

Na volta para a segunda etapa, novo lance polêmico. Rafinha derrubou Estupiñan na área e o árbitro assinalou pênalti. A imagem do árbitro de vídeo, porém, mostrou que o brasileiro não tocou no adversário e a marcação foi corrigida.

Aos 29, em escanteio cobrado na área, a insistência deu certo, Félix Torres subiu mais que a defesa brasileira e cabeceou para empatar.

Nos acréscimos, a arbitragem assinalou penalidade de Alisson por soco em Carcelén na saída do gol, o que gerou um segundo amarelo ao goleiro brasileiro. Após nova revisão no VAR, a penalidade foi anulada e mais uma expulsão, também.


Situação do campeonato

O Brasil já está classificado, mas mantém sua invencibilidade no topo, agora com 36 pontos de 42 possíveis. O Equador segue em 3°, com 24, sete a mais que o atal quarto colocado e cada vez mais próximo de se classificar para o Mundial.


VAR ativo

Somadas todas as intervenções do VAR, o jogo ficou paralisado por mais de 25 minutos, gerando acréscimos largos no primeiro e no segundo tempo, além de quatro paralisações, sendo uma expulsão confirmada, duas anuladas e duas penalidades desmarcadas.


Foi mal: Emerson Royal Tendo a chance de se firmar no time titular, o lateral-direito ficou em campo por 20 minutos por conta da expulsão, depois de receber amarelo no primeiro minuto. Pode ter se prejudicado.


Daniel Alves fora de ritmo Entrando após a expulsão de Emerson, o experiente lateral mostrou algumas falhas de marcação, principalmente na segunda etapa. Em uma, atrapalhou Alisson e gerou um gol do Equador, anulado pela bola ter saído.


Próximos jogos


Na próxima rodada, na terça-feira (1°), o Brasil receberá o Paraguai, enquanto o Equador visita o Peru.


Ficha técnica Equador 1 x 1 Brasil GOLS: Casemiro (BRA) - Torres (EQU)


EQUADOR: Domínguez; Preciado (Caicedo), Félix Torres, Hincapié e Estupiñan; Gruezo (Ayrton Preciado), Moisés Caicedo (Méndez) e Franco (Galíndez); Estrada (Carcelén), Valencia e Plata. Técnico: Gustavo Alfaro


BRASIL: Alisson; Emerson, Militão, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Fred e Coutinho (Daniel Alves); Raphinha (Antony), Matheus Cunha (Gabigol) e Vinicius Jr (Gabriel Jesus). Técnico: Tite

2 visualizações0 comentário