• Redação

Campinense Vira sobre Atletico(CE) e assume liderança na serie D.


Na tarde deste sábado (10), Atlético-CE e Campinense abriram a sexta rodada do Grupo A3 da Série D do Campeonato Brasileiro em uma partida bastante movimentada. E com direito a virada no placar, o time paraibano venceu por 3 a 2 e pulou para a liderança na tabela de classificação.



O jogo foi movimentado desde o início e os donos da casa abriram logo o placar aos 9 minutos. Olávio cruzou da direita para Valdo Bacabal, que cabeceou da entrada da área, a bola desviou em Michel Bennech e encobriu Mauro Iguatu, morrendo no fundo do gol.

Mas não demorou para a Raposa empatar. Aos 22 minutos, após cobrança de escanteio pela direita, Michel Bennech se redimiu pegando na entrada da pequena área com o pé direito. A bola desviou na defesa e entrou mansamente na meta até deixar o placar igual.

Ainda no primeiro tempo, aos 34 minutos, o lateral-esquerdo João Victor sentiu dores e precisou ser substituído, e em seu lugar entrou Filipe Ramon, que fez sua reestreia com a camisa rubro-negra.

E logo no minuto seguinte a virada do Campinense veio. Após cobrança de escanteio da esquerda, Claudevan, sozinho na pequena área, tentou afastar a bola de cabeça, mas ela acabou indo para trás, indo para seu próprio gol, e marcando contra, deixando os paraibanos com vantagem no marcador.

A Raposa se soltou no jogo e em contra-ataque puxado por Fábio Lima pela direita, aos 40 minutos, o camisa 10 só rolou para o meio da área onde Cláudio só teve o trabalho de escorar de direita para vencer o goleiro e anotar o terceiro gol da equipe de Campina Grande.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o treinador Ranielle Ribeiro voltou para campo com Vitinho no lugar do lateral-direito Dênis, que vinha demonstrando mal-estar desde o fim da primeira etapa.

Com vários problemas, o Campinense ainda perdeu Michel Bennech, que foi substituído por Ítallo e saiu de campo sentindo dores na perna direita.

Com a bola rolando, o segundo tempo foi do time cearense tentando pressionar, mas sem assustar Mauro Iguatu, e a Raposa buscando os contra-ataques, apostando na velocidade de Fábio Lima pela direita para manter e tentar ampliar a vantagem.

Perto do fim do jogo, aos 43, o Atlético-CE diminuiu. Após cruzamento da esquerda, Mauro Iguatu tinha a bola livre para fazer a defesa, mas acabou soltando nos pés de Olávio, que não perdoou e deixou o jogo animado na reta final.

2 visualizações0 comentário