• Redação

Candidatos religiosos: A briga por vaga na Câmara Municipal é grande...



Dos 663 candidatos a vereador nas eleições deste ano em João Pessoa, pelo menos 13 nomes carregam o título de pastor, padre ou bispo, conforme informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponíveis no site DivulgaCand. Apesar de pequeno em relação ao universo total, o número é quase o dobro do que foi registrado no pleito 2016, quando 7 pessoas utilizaram a alcunha religiosa.

Um levantamento feito pela reportagem do Polêmica Paraíba, aponta que a maioria dos candidatos que utilizam tais títulos em 2020, são evangélicos: 12 no total, sendo 8 homens e 3 mulheres. Dentre eles, está o bispo José Luiz, candidato ligado à Igreja Universal do Reino de Deus e que disputa a reeleição pelo Republicanos.

Um sacerdote católico também participa da disputa: o ex-vereador e ex-deputado estadual Padre Adelino (PT). No país, cerca de 4,2 mil candidatos utilizam o título de pastor ou padre na disputa eleitoral. Não há nenhuma proibição ou irregularidade quanto a utilização desses títulos.

Ainda em relação à Capital, segundo o DivulgaCand, outros 9 candidatos utilizam a alcunha de ‘irmão’ ou ‘irmã’, um termo geralmente utilizado entre evangélicos do ramo pentecostal.

Outros candidatos católicos e evangélicos não utilizam esses títulos em suas candidaturas por não terem exercido nenhuma função eclesiástica, mas implementam a mesma cosmovisão em seus respectivos mandatos, a exemplo da vereadora Eliza Virgínia (PP) e do vereador Helton René (Republicanos), que disputam a reeleição e se declaram evangélicos.

Protestantes deixaram de ser minoria invisível no Brasil, como ocorria no século passada, e alcançaram visibilidade pública com o aumento na quantidade de fiéis, que segundo especialistas já alcança 30% da população brasileira. Segundo institutos de pesquisa como o Datafolha, eles foram responsáveis, em grande medida, pela eleição de Jair Bolsonaro em 2018. No Congresso, a bancada evangélica já é uma das maiores.

Por causa do aumento verificado nas estatísticas, naturalmente, estima-se que haja um crescimento da representatividade desse setor nas Câmaras municipais este ano. A utilização do título de pastor, padre, bispo ou qualquer outro título religioso, no entanto, nem sempre garante êxito perante aos eleitores.


Veja a seguir a lista dos candidatos a vereador com os títulos de pastor, padre e bispo:


 LINDOVAL PASTOR DA SOPA (Pc do B)

PASTORA DANIELLE (REPUBLICANOS)

PASTORA MARINALVA (PSC)

PASTORA RAMINHA (SOLIDARIEDADE)

PASTOR CRISTIANO (REPUBLICANOS)

PASTOR ELCIO MENESES (PATERIOTA)

PASTOR FÁBIO BEZERRA (PSOL)

PASTOR JOAO BATISTA (PSB)

PASTOR MÁRCIO LIMA (PP)

PASTOR MOISES (REPUBLICANOS)

PASTOR VALMIR (PROS)

BISPO JOSÉ LUIZ (REPUBLICANOS)

PADRE ADELINO (PT)


Fonte: Polêmica Paraíba

4 visualizações0 comentário
Receba nossas atualizações
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube
  • iconfinder_social-11_1591847

© 2020 Fala Sério Pb