• Redação

CASO EXPEDITO PEREIRA: justiça prorroga mandado de prisão de dois suspeitos, um ainda está foragido




De acordo com os delegados Vitor Melo e Emília Ferraz, a polícia continua investigando a morte do ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira, o Delegado Victor Melo informa que a justiça estendeu o mandado de prisão dos suspeitos pela a pedido da delegada Emília Ferraz que conduz as investigações.

De acordo com o Delegado, Jean Carlos que tem participação no crime, continua foragido da Justiça. Léon e Ricardo Pereira continuam presos.

RELEMBRE O CASO

A Justiça da Paraíba determinou no dia 16 de dezembro a prisão de Ricardo Pereira, sobrinho do ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira (MDB), e outros dois suspeitos de envolvimento com o homicídio de Expedito.

O ex-prefeito de Bayeux e ex-deputado estadual da Paraíba Expedito Pereira foi morto após ser baleado na manhã do dia 9 de dezembro, em João Pessoa. Ele andava sozinho pelo bairro de Manaíra quando um homem em uma moto se aproximou e atirou, fugindo em seguida.

A moto usada no crime foi apreendida pela polícia no bairro Rio do Meio, em Bayeux, no sábado (12) e a partir dela a polícia chegou ao dono do veículo, que falou que duas pessoas haviam usado a moto no dia, sendo elas Gean e Leon.

2 visualizações0 comentário