• Redação

Com gol no fim, Vasco vence o Caracas, encerra jejum e fica na Sul-Americana



Foi com drama. Dose cavalar. Mas o Vasco venceu o Caracas (VEN), na noite desta quarta-feira, em São Januário, e largou na frente na segunda fase da Copa Sul-Americana em jogo que teve pênalti perdido e jogador expulso de forma infantil. O 1 a 0, com gol de Tiago Reis nos minutos finais, encerrou também um jejum do Cruz-Maltino de nove partidas sem vencer. A partida de volta é já na semana que vem.

Com o resultado, o Vasco garante a vaga com um empate na volta. Caso faça gols, o time de Ricardo Sá Pinto avança podendo até perder por um gol de diferença. Se o Caracas vencer por 1 a 0, a decisão vai para os pênaltis.

De cabeça O domínio do Vasco era evidente, embora pouco brilhante tecnicamente. Foram duas boas chances no primeiro tempo: aos 18 minutos, uma jogada que começou numa saída de bola corajosa, pela direita da defesa, terminou com cruzamento de Gil para Ribamar. O cabeceio foi pouco direcionado, para fora. Três minutos depois, Talles Magno não conseguiu dar força à testada.

4 visualizações0 comentário