• Redação

Depois de concorrer às eleições candidata a prefeita é encontrada morta; ex-marido é suspeito



Dias depois de concorrer às eleições municipais de Curralinho (PA), a candidata a prefeita Leila Arruda (PT), 49 anos, foi assassinada hoje em um conjunto residencial no bairro do Tenoné, na grande Belém. O ex-marido dela é suspeito.


Leila ficou em terceiro lugar na disputa pelo cargo de chefe do Executivo da cidade localizada no arquipélago do Marajó, recebendo pouco mais de 3 mil votos. Cleber Edson dos Santos Rodrigues (PSD), 67, foi eleito.

Segundo testemunhas, o ex-marido teria viajado do interior em direção à capital para encontrar a ex-mulher pois não aceitava o fim do relacionamento. Ele teria cometido o feminicídio desferindo várias facadas contra Leila.

O irmão da vítima, o ex-prefeito de Curralinho Léo Arruda, foi quem encontrou o corpo da irmã dentro da residência onde ela morava.

A Polícia Civil realizou buscas pelas redondezas e encontrou o suspeito em uma casa próxima ao bairro de Tenoné. Ele foi levado à delegacia para prestar depoimento acompanhado de um dos filhos do casal, que diz não saber o que ocorreu.


PT lamenta crime


Nas redes sociais, o Partido dos Trabalhadores (PT) lamentou o crime


folhadopará


34 visualizações0 comentário
Receba nossas atualizações
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube
  • iconfinder_social-11_1591847

© 2020 Fala Sério Pb