• Redação

Dezenove famílias ganham moradia digna da PMJP e deixam área de risco da Vila Nassau



A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) iniciou, na manhã desta quarta-feira (19), a transferência de 19 famílias que viviam na Comunidade Vila Nassau para novas moradias com mais cidadania e segurança. Contempladas com apartamentos do Residencial Vista Verde, que terá unidades entregues no próximo mês, estas famílias já se consideram livres dos riscos de alagamento, desabamento e de doenças a que estavam sujeitas onde viviam. De maneira espontânea, elas buscaram a Secretaria Municipal de Habitação Social (Semhab) e solicitaram apoio para esta transferência.


Desde o início desta manhã, as equipes da PMJP auxiliam na mudança destas famílias. Enquanto as obras aceleram nos últimos detalhes da construção do Residencial, as 19 famílias já receberam, em suas contas, o valor mensal do auxílio aluguel. Elas puderam escolher um novo local para morar enquanto aguardam a entrega dos apartamentos dentro do maior programa habitacional da história de João Pessoa, que chegará a 10 mil unidades entregues até dezembro.


No último mês de julho, as 19 famílias visitaram o Residencial Vista Verde acompanhadas de uma equipe da Semhab, que contou com assistentes sociais, e verificaram o local da tão sonhada casa própria. “Satisfeitos com a transformação que a Prefeitura de João Pessoa está promovendo em suas vidas, os moradores asseguraram a vontade de deixar a Vila Nassau e assinaram o termo concordando com esta transferência”, afirmou Adriana Casimiro, que está respondendo pela Secretaria de Habitação.


O trabalho de transferência das famílias envolveu mais de 45 servidores das secretarias de Habitação (Semhab), Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Desenvolvimento Social (Sedes), Infraestrutura (Seinfra), Educação e Cultura (Sedec), Comunicação (Secom), Saúde (SMS), Limpeza Urbana (Emlur), Meio Ambiente (Semam), Administração (Sead), Procuradoria Geral do Município (Progem), Guarda Municipal e Defesa Civil.


Outras 63 famílias já saíram no ano passado da Vila Nassau e da Comunidade XV de Novembro, das quais 50 delas vivem hoje no Residencial Saturnino de Brito. Lá, elas foram contempladas com apartamentos dentro do padrão de qualidade que a atual gestão vem oferecendo à população da Capital nos residenciais.


SECOM/ Flavio Asevedo

12 visualizações0 comentário