• Redação

Donald Trump festeja vitória nos EUA e diz que vai à Suprema Corte, mas apuração ainda não acabou



Direto da Casa Branca, em uma sala lotada de apoiadores, o presidente e candidato à reeleição nos Estados Unidos, Donald Trump, se dirigiu aos eleitores na madrugada desta quarta-feira (4) e anunciou vitória, mesmo com ao menos 8 estados ainda sem conclusões e sem possibilidade de declaração de um vencedor.

No discurso, Trump listou estados em que venceu, como a Flórida, colocou-se como vencedor de outros ainda indefinidos, como Wisconsin, e anunciou que irá á Suprema Corte para parar as votações.

“Nós vencemos essa eleição. Nossa meta é garantir a integridade para o bem dessa nação. É uma fraude enorme para a nossa nação. Vamos à Suprema Corte Americana, queremos que toda a votação pare. Não queremos que encontrem votos às 4h para acrescentar à lista. Vamos vencer isso e, no que me diz respeito, nós já ganhamos”, disse o presidente americano.

Disputa na Justiça

Trump prometeu acionar a Suprema Corte, agora com sólida maioria conservadora após três indicações em um único governo, para impedir uma suposta contagem de votos entregues depois do fechamento das urnas.

Durante os últimos meses de campanha, o presidente lançou dúvidas sobre a lisura do processo eleitoral nos EUA em diversas ocasiões, especialmente após o Partido Democrata começar a insistir no voto antecipado devido à pandemia do novo coronavírus.


Portal WSCOM

10 visualizações0 comentário