• Redação

FLAMENGO: jogos do rubro negro poderão ser mostrados pela Fla-TV


Após a Medida Provisória nº 984 - publicada na última semana pelo presidente Jair Bolsonaro e que determina os clubes mandantes como titulares únicos dos direitos de transmissão -, o Flamengo sente-se respaldado para efetuar tal prática, mesmo em meio a entreveros com a Rede Globo e o alerta de notificação por parte da emissora.


Nesta segunda, por exemplo, além de questionar uma possível ausência de isenção no jornalismo da Globo a respeito deste tema, Rodrigo Dunshee, vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, foi o porta-voz do clube ao assegurar que há direito para a transmissão dos jogos do Carioca como mandante.


- A gente estudou muito essa questão, ouviu muita gente. A gente entende que tem algumas situações que permitem chegar a conclusão que a gente pode, sim, transmitir os jogos nos quais o Flamengo é o mandante. Em primeiro lugar e o mais óbvio: o Flamengo não tem contrato com a Globo - disse Dunshee, em entrevista ao canal "Paparazzo Rubro-Negro", completando:

- O contrato da Globo tem uma cláusula dizendo que o valor global contratado com os clubes e a Federação, caso o Flamengo não participasse ou algum outro clube grande, sofreria uma redução de 25%. Então, assim, o não acerto com o Flamengo já está precificado naquele contrato. Não tem nenhum prejuízo à Globo o Flamengo não exibir seu jogo, porque aquilo já estava previsto por ela mesma.O Flamengo já se mobiliza internamente para transmitir o jogo diante do Boavista, a princípio adiado para quarta-feira que vem, na FLA TV. Dunshee sinalizou que o clube não pensa em uma transmissão exclusiva para sócios e realçou que o torcedor será o maior beneficiado com esta MP.


- O jogo futuro se rege pela lei vigente. É essa que é a nossa interpretação. Vai ter uma disputa grande, mas me parece que essa lei veio para beneficiar o torcedor, o telespectador. Então, se você for ver, no Campeonato Brasileiro tem vários jogos que não são transmitidos por conta de haver um contrato com a Turner e outro com a Globo. Ninguém vê o jogo, isso é péssimo para o telespectador, é péssimo pro futebol brasileiro.

- Então, essa medida provisória, veio para beneficiar o torcedor. As pessoas hoje em dia estão em casa, sem poder assistir ao jogos, sem poder ir aos estádios, é aquele tédio. O futebol brasileiro é uma das cosias que mais diverte e acalenta as pessoas, gostam de comentar e conversar sobre isso, mas não estão podendo. Então, essa lei veio para permitir que essas pessoas vejam esses jogos sempre, porque vai depender do mandante. Se ele não conseguir vender, o pior que pode acontecer é passar o jogo de graça, numa rede social qualquer ou numa plataforma qualquer - finalizou.

Por falar em notificação, o Flamengo fará o mesmo que a Globo, a fim de que a emissora se abstenha quanto à iminente transmissão de imagens via FLA TV.


fonte "UOL".

10 visualizações0 comentário