• Redação

FPF reuniu entidades de Cronistas esportivos para definição do protocolo de acesso aos estádios

A reunião aconteceu nesta segunda(15) na sede da FPF onde ficou definido o protocolo...

A presidente da Federação Paraibana de Futebol, Michelle Ramalho recebeu os presidentes, da Acepb, Apbce e Arfoc-PB, quando definiram o acesso dos cronistas nos estádios da Paraíba

Em reunião que aconteceu na tarde desta segunda-feira (13) a presidente, Michelle Ramalho e o diretor administrativo, Otamar Almeida da FPF, receberam os presidentes da Acepb Ronaldo Belarmino, da Apbce o Elialdo Silva, e da Arfoc-PB o Veronilson Freire, quando na oportunidade debateram o protocolo de acesso aos estádios na volta do futebol na Paraíba, com muito cuidado o mesmo foi estudado e elaborado pela equipe medica da FPF e dos clubes, apresentado a imprensa todos os pontos foram discutidos e por entenderem que estava dentro do que determina o decreto Lei nº 40.304 de 12.06.2020 do Governo do Estado da Paraíba, o mesmo foi aprovado.

Um dos pontos e que, cada clube poderá levar para o seu jogo uma delegação de ate 41 pessoas, entre atletas, comissão técnica e dirigentes, ficando claro que a testagem do Covid-19 de toda delegação cabe a cada clube.

No caso da imprensa esportiva, ficou definido que cada emissoras de rádio só poderá levar três integrantes por equipe, conforme o protocolo para fazer a cobertura por partida, entre narrador, comentarista, repórter e técnico, ficando a critério de cada uma a escolha de três profissionais apenas.

No caso da televisão, ficou aberto a cada uma, ou seja, quantas câmeras vão levar para a cobertura por jogo, mas, seguindo o que esta contido nas obrigações dos clubes, no caso a imprensa também tem responsabilidade de testar Covid-19 os seus integrantes, a FPF não terá nenhuma responsabilidade sobre este detalhe.

Além da obrigação de levar o kit com mascara e álcool gel, o profissional deve apresentar o resultado do exame Covid-19. Caso contrario não terá acesso ao estádio, Um ponto ficou em aberto, e no caso de profissionais com idade acima dos 60 anos, pois sabemos que estão na linha de risco, portanto cabe a cada equipe definir a ida do profissional que se enquadre neste limite de idade.

Tudo pensando na vida dos nossos companheiros.

Definido que blogs de notícias estão vedados, e a fiscalização será feita pela FPF.

O credenciamento continua normalmente, sem alteração.

Também participaram da reunião Gustavo Trindade , diretor de competições e Marcella Sousa assessora de comunicação da FPF, além do Secretário geral da Acepb, Ailton Cavalcanti.


Veja o Protocolo pronto:




Fonte: Portal Acepb

Por: Ailton Cavalcanti

44 visualizações0 comentário