• Redação

Geraldo Vandré, ninguém pode mais sofrer ….Por Epitácio Dantas


João Pessoa, parque Sólon de Lucena nº 389, setembro de 1935, nascia o primogênito do médico José Vandregíselo do Partido Comunista Brasileiro, derrotado nas eleições majoritárias de 1947 por Osvaldo Trigueiro (UDN). Franzino, inquieto, brigão, talentoso, Geraldo cantava boleros na Rádio Tabajara aos 10 anos de idade tendo como locutor Humberto Lucena! Colégio Marista e Liceu, “passava se arrastando”. Bela voz, rouca, afinada ao sucesso!

Vou como quem vai chegar quem quiser comigo ir, tem que vir do amor, tem que ter pra dar (Vandré).

Carlos Lira parceiro (Quem Quiser Encontrar o Amor, Aruanda, Fica Mal com Deus) Baden, Vinícius, Chico Buarque, convivência notável, entre eventos estudantis e futebol nas areias de Copacabana com craques Nílton Santos, Didí, Garrincha…

Não quero Jesus na guerra depois volto pra rezar, Já fui homem, fui menino e hoje o que tiver de ser (Vandré).

‘Pra dizer que não falei das flores (Caminhando) virou símbolo de resistência nacional entre delírios e aplausos, induzindo um sentimento revolucionário parceiro da caminhada dos 100 mil e aí veio o AI-5!

O terreiro lá de casa, não se varre com vassoura, varre com ponta de sabre, balas de metralhadora (Vandré).


O “Guevara de Copacabana” evadiu-se no seu Gálaxie branco suntuoso fugindo do ônus revolucionário sendo acolhido pela viúva de Guimarães Rosa e o governador de São Paulo Abreu Sodré. Depois o exílio, Uruguai, Chile, Europa, África, EUA, colecionando sucessos e polêmicas (na fronteira França-Bélgica, Vandré e amigos foram presos por porte de haxixe).

O mundo a cantar, também vai dizer ninguém pode mais sofrer (Vandré).

Direitos políticos suspensos por 10 anos, demissão da SUNAB “em virtude de suas atividades nocivas aos princípios moralizadores consagrados pela Revolução de 1964”, retorna ao Brasil em julho de 1973 e chegando ao Rio de Janeiro foi detido pelo DOPS, ao qual afirmou "nunca foi filiado a qualquer agremiação político-partidária estando a observar a orientação traçada pelas autoridades constituídas". A chegada de Vandré ao Brasil foi anunciada, depois de uma “estadia” no hospital militar , em 11 de setembro de 1973 , contraditória informação, nessa mesma data Pinochet assassinaria Allende e tomaria o poder no Chile, fechando acessos, saídas e aeroportos.

Segundo a terapeuta Adriana Tanese “seu erro foi ceder a angústia e a saudade, voltando cedo demais e acolhido pela” gentil” força armada que “ cuidou “ dele em um hospital psiquiátrico onde permaneceu isolado ...Ele parece uma pessoa cuja estrutura mental foi embaralhada em um maço de cartas …

Se alguém tem que morrer, que seja pra melhorar (Vandré).

Hoje nosso orgulhoso alvorecer de 33 anos com Geraldo Vandré completa 85 primaveras e já não sopra as mesmas emoções, delineando um nascimento e morte de um caminhado e cantado grande poeta, o Vandré virou Pedrosa e agora ninguém pode mais sofrer...

“Olha que a vida é tão linda e se se perde em tristezas assim, desce o teu rancho cantando essa tua esperança sem fim”…


Pesquisa Vitor Nuzzi , Gilvan de Brito ( Não me chamem de Vandré ), Rui

Leitão , Zuza Homem de Melo , Náufrago da Utopia , Wikipédia...

267 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo