• Redação

Governo Bolsonaro mantém sigilo de 100 anos sobre o processo contra Pazuello


A Comissão Mista de Reavaliação de Informações (CMRI), formada por servidores de alto escalão de sete ministérios do governo Jair Bolsonaro (PL), negou pedido de acesso ao processo contra o general e ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello e manteve o sigilo de 100 anos sobre o caso.


Em maio de 2021, Pazuello subiu em um palanque ao lado de Bolsonaro no Rio de Janeiro após uma “motociata”. Na ocasião, o chefe do poder Executivo atacou as medidas de prevenção contra Covid-19 e declarou: “meu Exército jamais irá às ruas para manter vocês dentro de casa”.

O general desrespeitou o regulamento disciplinar do Exército, vigente por decreto desde 2002, e o Estatuto dos Militares, que vedam a participação de oficiais da ativa em atos políticos.

2 visualizações0 comentário