• Redação

Juiz suspende leilão do Hotel Tambaú e leiloeiro é intimado para explicar proposta fora do prazo

O Juiz Dr. Paulo Assed Estefan, da 4° vara empresarial do Rio de Janeiro tomou nesta segunda-feira (8) a decisão de suspender temporariamente os efeitos do leilão realizado na quinta-feira (4).


De acordo com informações exclusivas chegadas à redação do Polêmica Paraíba, o juiz intimou o Leiloeiro Luiz Tenório de Paula e deu um prazo para o mesmo explicar a denúncia que fez o paraibano Rui Galdino, que também estava participando do leilão.

De acordo com o Advogado paraibano, Rui Galdino, que foi o responsável pelo segundo lance no leilão do Hotel Tambaú, no valor de R$ 40.400.000,00; houve um erro do leiloeiro e o mesmo recorreu à justiça para que seja feita a suspensão (Com urgência) do leilão.

No documento emitido pelos seus advogados, Rui alega que houve alguns equívocos durante o leilão.

“O Peticionário estava atento minuto a minuto na tela do leilão, tendo visto um lance de R$ 40.600.000,00 (quarenta milhões e seiscentos), que imediatamente sumiu do sistema. Apareceu e saiu como um relâmpago. Confiante na lisura do processo de leilão, bem como que seria impossível a existência de lance oculto ou posterior ao fechamento do leilão, previsto em edital para as 14h, o Peticionário decidiu entrar em contato com o leiloeiro logo após o desaparecimento do “lance” e indagou se existia lance fora do sistema e um lance no valor de R$ 40.600.000,00 (quarenta milhões e seiscentos).” Diz o documento.

18 visualizações0 comentário
Receba nossas atualizações
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube
  • iconfinder_social-11_1591847

© 2020 Fala Sério Pb