• Redação

Laudo do IML de Pernambuco aponta AVC Hemorrágico como causa da morte de Genival Matias

O laudo do óbito foi assinado pelo médico perito Lucas de Sá Cavalcanti

O deputado estadual e vice-presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Genival Matias (Avante), morreu após sofrer uma hipertensão intracraniana, o que resultou em um Acidente Vascular Encefálico Hemorrágico, é o que aponta o laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Pernambuco. A declaração de óbito foi assinado pelo médico perito Lucas de Sá Cavalcanti.

Sobre a morte Genival Matias morreu na tarde desse domingo (19) após passar mal enquanto andava de moto aquática na Praia de Serrambi, em Ipojuca, no Litoral Sul de Pernambuco. Ele foi levado até a lancha onde estava a família pelo amigo e companheiro de bancada, deputado Felipe Leitão. Uma equipe do Serviço de Salvamento Marítimo (Salvamar) de Ipojuca foi a


cionada, porém ao chegar no local, Matias já estava morto. De acordo com Osvaldo Morais, secretário de Defesa Social de Ipojuca, o deputado chegou a ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Sobre o velório e sepultamento O corpo do deputado estadual já está sendo velado na cidade de Juazeirinho no Seridó do Estado, onde


ocorrerá o sepultamento.


39 visualizações0 comentário