• Redação

Luto na Música: Acidente envolvendo carro de luxo mata baterista da Banda Tuaregs, Dainha.



A vítima do grave acidente registrado na tarde deste domingo (24), no bairro de Manaíra, em João Pessoa, é professor de música e baterista profissional integrante da Banda Tuareg’s. Dainha Batera como é mais conhecido, estava no veículo Corsa Classic, de cor branca, que foi atingido em cheio por um carro de luxo, de marca BMW, conduzido por motorista que trafegava em alta velocidade, em fuga da Polícia Militar após não respeitar ordem de parada anterior.

Pela manhã, Dainha Batera postou em suas redes sociais uma foto ao lado de uma bateria, seu instrumento de trabalho, no Bar Golfinho, que fica localizado no bairro do Bessa. No local, ele fez seu último show acompanhando o cantor Neilson Sousa durante o dia. Ele também prestava serviços em outros bares e restaurantes da Orla de João Pessoa e Cabedelo. No momento do acidente, possivelmente retornava do trabalho para sua residência no bairro de Mangabeira.

Dainha Batera era muito conhecido no meio musical. Dava aulas de bateria em escolas de música da Capital e também de maneira particular, inclusive, para crianças. A Banda Tuareg’s e o seu líder, o cantor Roberto Tuaregs, se manifestaram enlutados pelas redes sociais sobre a morte de seu baterista.

“Hoje a gente se despede com muita tristeza de um cara que faz parte da nossa vida… O nosso ‘Dainha Batera’. Sabe aquele cara de Boa, que você nunca via de mau humor? Dainha cara, infelizmente a gente não vai ter mais você nos shows, mas fica aqui o nosso respeito e gratidão pelo tempo que passamos juntos, pelo cara batalhador que você era. Novos sonhos que vinham por aí e que foram usurpados de você de forma tão brutal. Que Deus te receba e que sua família seja confortada pelo amor Dele. Vai com Deus meu amigo”

O cantor Neilson Sousa também se manifestou com tristeza pela morte do amigo e companheiro de palco. “Vai com Deus amigo. Hoje à tarde você fez seu último show comigo. Um dia a gente vai se encontrar”, lamentou.




SOBRE O ACIDENTE

O acidente aconteceu por volta das 16h, no cruzamento da Avenida Esperança com a Rua Franca Filho. Segundo informações da Polícia Militar, o motorista que provocou a colisão estava em uma BMW, de cor vermelha, em alta velocidade. Ele já tinha atingido um outro veículo, e não respeitou a ordem de parada dada por policiais militares e seguiu em alta velocidade.

A viatura da Polícia Militar começou a perseguir o carro, que passou em alta velocidade por pelo menos dois cruzamentos. No terceiro, o motorista passou sem respeitar o sinal de preferência da outra via e atingiu um carro branco.

Com o impacto, a BMW ficou destruída e o carro da vítima ainda bateu em outro veículo, que estava estacionado, porém sem ninguém. Até às 18h, equipes do Corpo de Bombeiros. O músico que estava no carro branco não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

Os policiais da CEATur prenderam o motorista da BMW e o conduziram para a Central de Flagrantes da Polícia Civil. Segundo a PM, ele alegou que não atendeu a ordem de parada por estar sem habilitação, e relatou que ‘era estelionatário’, de outro estado e que estava em João Pessoa ‘há uns oito meses’.



11 visualizações0 comentário