• Redação

Mundial de clubes: Bayern de Munique bate o Tigres por 1 a 0 e é tetracampeão


O Bayern de Munique fez história no Qatar ao bater o Tigres por 1 a 0 e sagrar-se campeão do Mundial de Clubes. O time de Hans Flick chegou ao sexto título na temporada e igualou o feito do Barcelona de 2011.


Em campo, os alemães foram com força máxima para cima dos mexicanos. Goretzka e Müller, com covid-19, e Boateng, que precisou voltar à Alemanha após a morte de sua namorada, foram os desfalques.

O Bayern dominou o início da partida e permaneceu com a bola nos pés, criando mais oportunidades e chegando ao gol de Guzmán. Destaque para a grande atuação do canadense Davies, que participou de grande parte das ofensivas contra o gol do Tigres.

Kimmich teve chance de abrir o placar aos 17 minutos, e bateu cruzado, com efeito, de fora da área, mas o árbitro revisou o lance após recomendação do VAR e anulou o gol. Logo depois, o Tigres contou com Salcedo para evitar a desvantagem. Gnabry recebeu em velocidade de Alaba e abriu para Davies na grande área. O lateral-esquerdo cruzou rasteiro e Salcedo apareceu de carrinho para cortar.

Aos 13 minutos, Pavard marcou e o bandeira novamente assinalou a posição de impedimento. Com a ajuda da tecnologia que traça as linhas com o posicionamento dos jogadores, o VAR confirmou o gol – 1 a 0 Bayern.



Mesmo sufocado, o Tigres buscava bravamente pelo empate. Em arremesso lateral cobrado por Dueñas na grande área, González desviou de cabeça na primeira trave. Gignac furou o voleio, e Davies apareceu para afastar.

Guzmán salvou o Tigres em dois lances perigosíssimos para o Bayern. No primeiro, Alaba fez o lançamento para o ataque e sem perceber a saída do goleiro, Salcedo recuou de cabeça. A bola perdeu velocidade e o goleiro teve que correr para evitar o gol contra.

No minuto seguinte, Choupo-Moting deu um bonito drible na meia direita, invadiu a área, cortou de letra para trás e rolou para Douglas Costa. O brasileiro soltou bomba de canhota e Guzmán faz grande defesa no canto esquerdo do gol.

Mesmo sem ser brilhante, o time alemão foi superior durante os 90 minutos de partida, e levou o título para casa. Além do mundial, nesta temporada, a equipe faturou também o Campeonato Alemão, Copa da Alemanha, Liga dos Campeões, Supercopa da Alemanha e Supercopa da Europa. A equipe não terá muito tempo para comemorações, já que na segunda-feira (15), enfrenta o Arminia, pelo Campeonato Alemão, em Munique.

5 visualizações0 comentário