• Redação

O Gladiador comenta: Pandemia...


Pandemia...


Vivemos uma atual pandemia do Coronavírus, causador da doença Covid-19, modificou a relação na Vida dos seres Humanos. O vírus, chegou com alta taxa de transmissibilidade, tem representado um grande perigo, e muito medo para o funcionamento do mundo moderno. Em todos países, tem-se recomendado à população – em certos casos até mesmo proibido o direito de ir e vir do cidadão – a permanecer por tempo integral em suas residências, alterando por completo a rotina que viviam anteriormente. Essa mudança não afeta somente aspectos econômicos e políticos, mas também vai de encontro a diversos outros assuntos, como a arte. O fechamento de fronteiras, com a determinação de isolamento, aliada a suspensão de diversas atividades públicas e artísticas expõe toda a fragilidade da atual conjuntura mundial, e de certa forma, força as pessoas a se adaptarem em todos os sentidos. Na Itália, um dos principais focos da pandemia e por muito tempo o epicentro da doença, as manifestações artísticas se iniciaram de forma amadora nas sacadas e varandas de apartamentos, sem grandes estruturas, com o objetivo único de entreter vizinhos e fãs, de modo a amenizar a dura situação do isolamento. Porém, isso tem mudado, e cada vez mais tem-se perdido a espontaneidade inicial, os artistas têm feito verdadeiros shows ao vivo via internet, juntando milhões de pessoas em transmissões virtuais, gerando muito dinheiro e repercussão. Mas, para que isso seja possível, uma grande equipe tem atuado por trás dessas transmissões, movendo estruturas e fazendo com que seja viável a realização de algo tão grandioso para o atual momento. O advento destas superproduções virtuais levanta certas discussões quanto às aglomerações por elas criadas. Mobilização de equipes de produção, por exemplo, fato que vai diretamente contra o que recomendado ou imposto pelas autoridades. Além disso, referidas transmissões podem influenciar pessoas – notadamente jovens – a se juntarem para acompanhar as lives. Com Certeza, porem o vírus nunca vai se acabar. Precisamos conviver para sempre com ele e com outras doenças. Esse vírus veio para para pensarmos que ser humano, sou antes e depois da pandemia.


O gladiador...

11 visualizações0 comentário
Receba nossas atualizações
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube
  • iconfinder_social-11_1591847

© 2020 Fala Sério Pb