• Redação

ONG do lateral do Botafogo Léo Moura recebeu mais de 5 milhões de incentivo do governo do federal



O Instituto Leo Moura, criado pelo veterano lateral-direito homônimo, recebeu quase R$ 5,2 milhões do governo federal para manter, por um ano, 15 escolinhas de futebol no Rio de Janeiro. O repasse é o maior realizado pela Secretaria Especial do Esporte no governo Jair Bolsonaro (sem partido), e nasceu de uma emenda parlamentar do deputado federal Luiz Lima (PSL-RJ). Como comparação, o valor é maior do que recebem, por ano, 29 das 35 confederações olímpicas, incluindo as de atletismo e esportes aquáticos. Cada parlamentar pode apresentar até 25 emendas ao orçamento, com valor total de R$ 15,9 milhões, sendo que obrigatoriamente metade deve ser destinada para ações e serviços públicos de saúde.


O esporte costuma ser bastante beneficiado por essas emendas e, no orçamento 2020, recebeu R$ 277 milhões, a maior parte para construção ou reforma de equipamentos esportivos. Esse dinheiro é liberado, ao longo do ano, pela Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, atualmente ocupada pela ex-nadadora Fabíola Molina, que foi colega de Luiz Lima na seleção de natação em diversas ocasiões....


fonte: Uol - foto: google

52 visualizações0 comentário
Receba nossas atualizações
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube
  • iconfinder_social-11_1591847

© 2020 Fala Sério Pb