• Redação

Palmeiras goleia fraco Delfín por 5 a 0 e vai às quartas-de-final da libertadores



O Palmeiras teve uma atuação de gala e goleou o Delfín por 5 a 0, nesta quarta-feira, no Allianz Parque, pela volta das oitavas da Conmebol Libertadores. Como já havia vencido por 3 a 1 no Equador, o Verdão passou com 8 a 1 no agregado.

A partida foi marcada por uma busca incessante pelo gol por parte do Alviverde, que resultou em um placar elástico e transformou o time brasileiro em dono do melhor ataque da Libertadores, com 25 gols (o River Plate tem 23).

Em campo, o Palmeiras começou amplamente superior, dominando a posse de bola e criando várias chances, mas sem conseguir colocar a bola para dentro.

Os equatorianos, por sua vez, tentavam arriscar em contra-ataques, mas a inferioridade técnica entre as equipes ficava muito clara.

Prova disso veio aos 29: Weverton lançou para frente e Lucas Lima achou Patrick de Paula na meia-lua. O volante disparou um balaço na gaveta de Banguera e anotou um golaço para o Verdão.

Logo em seguida, porém, o próprio Patrick sentiu fisgada na coxa ao tentar puxar contra-ataque e teve que pedir substituição.

Ele deixou o campo chorando e preocupa, podendo ficar fora por até 20 dias com um estiramento.

Na volta do intervalo, Abel Ferreira mexeu: colocou Zé Rafael na vaga de Patrick de Paula e deu descanso a Lucas Lima, ingressando Raphael Veiga.

Com as mexidas, o Verdão ficou ainda mais ofensivo e com fome de bola. Não à toa, a goleada foi construída na sequência.

Aos 4, Gabriel Veron foi lançado no contra-ataque e deu leve toque por cobertura, superando Banguera e anotando mais um lindo tento no Allianz Parque.

Estava muito fácil, e o Palmeiras chegava como queria à área adversária. Mais gols eram apenas questão de tempo.

Aos 7, os palestrinos chegaram tocando bola, Gabriel Veron rolou e Willian chutou forte para dentro, marcando pela 14ª vez na temporada.

Mais o lance mais bonito viria aos 15: Raphael Veiga cruzou com perfeição e Gabriel Veron acertou um voleio maravilhoso para fazer mais um golaço na noite alviverde.

Depois disso, o time de Abel Ferreira diminuiu o ritmo, mas ainda perdeu algumas chances claríssimas, principalmete com o jovem Gabriel Silva.

Nos acréscimos, ainda veio o 5º gol: Gabriel Silva se redimiu e deu ótimo passe para Danilo, que completou para as redes e marcou pela 1ª vez com o manto alviverde.

Nas quartas, o Palestra encara quem passar do confronto entre Libertad, do Paraguai, e Jorge Wilstermann, da Bolívia.

Ficha técnica Palmeiras 5 x 0 Delfín GOLS: Palmeiras: Patrick de Paula, Gabriel Menino (2), Willian e Danilo

PALMEIRAS: Weverton; Gabriel Menino, Luan, Gustavo Gómez e Matías Viña; Danilo, Patrick de Paula (Zé Rafael) e Lucas Lima (Raphael Veiga); Gustavo Scarpa (Alan Empereur), Gabriel Veron e Willian (Gabriel Silva) Técnico: Abel Ferreira

DELFÍN: Banguera; Luzárraga, Cangá, León e Macías (Rojas); Ortíz, Vélez, Corozo (Mera), Jonathan González e Benítez; Valencia (Carreño) Técnico: Miguel Zahzú

2 visualizações0 comentário
Receba nossas atualizações
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube
  • iconfinder_social-11_1591847

© 2020 Fala Sério Pb