• Redação

Sindicato dos Jornalistas repudia policial civil por declaração "desequilibrada e inconsequente"

A diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba emitiu na manhã desta segunda-feira (05), uma nota de repúdio, após uma publicação feita pelo agente de investigação da Polícia Civil da Paraíba, Eudes P. de Carvalho Neto, onde difere xingamentos à OAB e ao trabalho dos jornalistas.


Lei nota na íntegra:


FEDERAÇÃO NACIONAL DOS JORNALISTAS

SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DO ESTADO DA PARAÍBA

NOTA DE REPÚDIO


A diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba repudia através desta nota, o comentário desequilibrado e inconsequente do Agente de Investigação da Polícia Civil, Sr. Eudes P. de Carvalho Neto, que de forma antiética e fora dos padrões da corporação da PC/PB, coloca em xeque mate uma instituição que trabalha incansavelmente para proteger os cidadãos e cidadãs da sociedade Paraíbana. Em seu texto pela internet, Eudes utilizou ofensas à imprensa paraibana com xingamentos e palavras iimpróprias que desclassificam a imprensa paraibana, como “palhaços que se dizem jornalistas; atitude desprezível, rasteira e covarde; mau caratismo; narrativa mentirosa; filhos da puta e vocês são vermes e lixo da pior espécie”. A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba (SINDJOR/PB) vão avaliar os danos morais sofridos pela classe, com o objetivo de adotar uma medida jurídica que coloque esse agente em seu devido lugar.

João Pessoa/PB, 04 de outubro de 2020.

0 visualização0 comentário
Receba nossas atualizações
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube
  • iconfinder_social-11_1591847

© 2020 Fala Sério Pb