• Redação

Tite convoca Pedro do Flamengo para duelos nas eliminatórias

O técnico Tite convocou o atacante Pedro, do Flamengo, para integrar o grupo da seleção brasileira para os duelos contra Venezuela e Uruguai, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, nos dias 13 e 17 de novembro. O jogador rubro-negro será opção para Neymar, que sofreu lesão na semana passada e não deve ter condições de jogo contra os venezuelanos. Entretanto, o astro do PSG não foi cortado, de olho no confronto contra os uruguaios.



Em nota oficial, a CBF indicou que Pedro foi chamado para ocupar a vaga de Neymar no confronto contra a Venezuela, no dia 13 de novembro, em São Paulo. Mas que o jogador do PSG foi mantido na lista porque na avalição do médico da Seleção, Rodrigo Lasmar, há expectativa de que o camisa 10 esteja apto a enfrentar o Uruguai, no dia 17.

“Tenho contato frequente com o médico do PSG e sabemos das condições físicas do Neymar desde o dia de sua lesão na Champions. Acreditamos que com uma semana intensiva de tratamento e com a estrutura do Centro de Excelência na Granja Comary temos a possibilidade de recuperação para o segundo jogo. Vamos acompanhar de perto sua evolução”, disse Lasmar ao site da CBF.


Pedro ganha chance na seleção brasileira em meio à grande fase que vem vivendo no Flamengo, aproveitando uma sequência como titular diante da ausência de Gabigol. O atacante tem 20 gols marcados em 36 jogos na atual temporada, sendo 12 deles nos últimos 14 jogos. Ele é o terceiro atleta rubro-negro convocado para os jogos da seleção brasileira em novembro, junto a Everton Ribeiro e Rodrigo Caio – que acabou cortado por lesão.

Segundo a CBF, o técnico Tite, o coordenador da seleção brasileira, Juninho Paulista, e o preparador físico Fábio Mahseredjian fizeram contato com o diretor esportivo do PSG, Leonardo, para entrar em acordo sobre a manutenção da convocação de Neymar, apesar da lesão na coxa esquerda.

“Entendemos que para essa situação precisávamos alinhar com o PSG a permanência do Neymar na lista de convocados. Sabemos da preocupação do clube com a lesão, mas manifestamos nossa intenção de avaliar de perto a evolução do jogador. Confiamos muito em um trabalho integrado com nosso departamento médico e o Tite foi enfático em dizer para o Leonardo que jamais arriscaria a saúde de qualquer atleta por ele convocado”, afirmou Juninho.

Logo depois de Neymar sofrer a lesão no confronto contra o Istambul Basaksehir, na semana passada, o técnico Thomas Tuchel afirmou que o brasileiro só estaria disponível após a Data Fifa e que seria impossível que o camisa 10 defendesse a seleção brasileira.

“Para mim, é impossível que ele jogue com o Brasil. Passaria uma mensagem ruim”, disse Tuchel na ocasião.

1 visualização0 comentário
Receba nossas atualizações
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube
  • iconfinder_social-11_1591847

© 2020 Fala Sério Pb