• Redação

Vai e vem de Bayeux: Desembargadora suspende novamente eleições indiretas para Prefeitura de Bayeux

A decisão da desembargadora foi proferida após analisar agravo de instrumento protocolado pela vereadora Lucília Freitas.


A desembargadora Maria das Graças Morais Guedes suspendeu novamente as eleições indiretas para Prefeitura de Bayeux. A decisão da desembargadora foi proferida após analisar agravo de instrumento protocolado pela vereadora Lucília Freitas, que teve o registro da sua candidatura como vice-prefeita na chapa do presidente da Câmara, Inaldo Andrade. 


Confira a decisão

https://www.clickpb.com.br/media/filer_public/05/3a/053a6c13-7829-48f0-a0c5-17098a0178f0/agravo_de_instrumento_eleicao_indireta_de_bayeux_liminar.pdf

A parlamentar na ação alegou que o edital que previa a eleição para esta quinta-feira (13), apresentava problemas. 

O juiz de Direito, Francisco Antunes Batista, da 4ª Vara Mista de Bayeux, tinha derrubado nesta quarta-feira (12), a determinação da 2ª Vara de João Pessoa que suspendia a eleição indireta para o cargo de prefeito do município de Bayeux. 

A suspensão havia sido determinada anteriormente, pelo juiz Sérgio Lopes, no Plantão do Judiciário. 

Com a decisão da desembargadora, a Mesa Diretora da Câmara de Bayeux terá que refazer edital e estabelecer novos prazos de cronograma para eleição indireta aos cargos de prefeito e vice do município. 

1 visualização0 comentário
Receba nossas atualizações
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube
  • iconfinder_social-11_1591847

© 2020 Fala Sério Pb